NOTÍCIAS


Home / Notícias


26 Junho

Espaço Saúde do Bebê

Após o nascimento do bebê podem surgir muitas dúvidas e inseguranças. Aqui, preparamos algumas dicas que ajudarão a cuidar de seu filho nesse período cheio de descobertas.
Primeiros Minutos de vida!!
O famoso primeiro chorinho não marca apenas o nascimento do bebê. Naquele instante, nascem a mãe, o pai e a família. O foco, dali por diante, desloca-se para aquele pequeno ser, que chega vermelho e todo lambuzado. Ao nascer, o bebê é imediatamente avaliado e recebe o teste de Apgar (nota de avaliação geral) no primeiro e no quinto minuto de vida. Depois, o cordão umbilical é clampeado e em seguida, cortado. A aplicação de gotas de nitrato de prata nos olhos do recém-nascido evita infecção ocular, e é feita logo na sequencia. O exame físico completo é realizado sem seguida, quando o bebê é pesado. Logo depois ele recebe a identificação em forma de pulseira com seus dados (nome completo da mãe, registro hospitalar e número de quarto), e então é apresentado aos pais, ficando alguns minutos com eles, antes de seguir para o berçário.
Icterícia: Comum e simples de tratar
Uma das doenças mais comuns no recém-nascido é a Icterícia. Ela ocorre quando existe acúmulo no sangue de um pigmento produzido naturalmente pelo nosso organismo, chamado bilirrubina, que é metabolizado pelo fígado e eliminado através das fezes e da urina. Frequentemente ocorre um aumento de bilirrubina entre o segundo e o terceiro dia de vida, isso porque o organismo do bebê ainda é imaturo para eliminar este pigmento. É possível detectá-la observando sua pele, que fica mais amarelada. Geralmente, a icterícia inicia-se pela face, podendo progredir pelo corpo. O branco dos olhos do bebê também pode tornar-se amarelado. Mas não se preocupe, pois a maioria das icterícias não necessita de tratamento. Quando indicado pelo médico, o bebê deverá ser mantido no hospital para o chamado banho de luz (fototerapia), que normalmente é o suficiente para a eliminação da doença.